Será que a população do estado do Espírito Santo sente segura, ou apenas fingem?

A realidade que estamos vivendo atualmente é de total insegurança, pelo menos essa é a sensação que temos agora, depois daquele trágico momento de manifestação da polícia Militar no mês de Fevereiro de 2017 aqui no estado, ficou bem claro a fragilidade do poder público.

Imagem do site – http://www.segurancamonitoramento.org/

Colocar a segurança na rua novamente, pode até ser fácil ou não, mais manipular a mente humana mudando seus hábitos e principalmente o seu poder de reação quando são coagidos isso é impossível.

O que temos hoje é uma segurança insatisfeita, sem grandes expectativas e até mesmo frustadas e perigosa. O que eu (Silvano)  estou cansado de ouvir é que vivemos em um país democrático…Mais afinal de conta até onde vai esta democracia? Pois vivemos em um certo tipo de escravidão legalizada onde aqueles que criam leis, os próprios não cumprem ou criam brechas para livrar da mesma! Então para que elas servem?

Quando vamos cobrar direitos, melhorias ou condições mínimas de trabalho somos considerados como vagabundos, nem parece ser aquele cidadão que escolhe quem governa, paga imposto e depois somos cobrados novamente .

Consequências

Atualmente vejo a criminalidade crescendo a cada dia e o que o governo diz que está terminando de estruturar a segurança para a população, mais quando isso termina? Vejo cada dia, pais de família sendo assaltados indo trabalhar nos pontos de ônibus, vendo o pouco que ainda resta sendo levado por bandidos e nada é feito para inibir a ação desses criminosos, eles voltam, duas, três ou muito mais vezes sabendo que a segurança ta fragilizada. Quando for para aumentar os próprios salários basta uma reunião de um dia para outro e tudo resolvido, ou pagar propina para ganhar vantagem é fácil, mais quando os nomes vão aparecendo nas delações premiadas atrás de corrupções, ninguém sabia de nada, ou simplesmente “não fui eu“.

Democracia cega e corrupta atrasa o país e maltrata sua população, desencorajando os guerreiros que tentam manter a ordem e entregar de volta o orgulho de ser filho dessa terra chamada Brasil.

Sentir vergonha de sua própria bandeira está se tornando normal para a população de bem que ainda se importa com a honestidade!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *